Menu

A viajem para ira a Ituberá

A viajem para ira a Ituberá

A viajem para ira a Ituberá , andando de de lancha rápida , ou de lotação ou fretada beirando alguns vilarejos típicos , como o de Timbuca ..

fiume

Ituberá originou-se de uma aldeia de índios, onde, no século XVIII, foi construída uma igreja sob a invocação de Santo André. Os primitivos habitantes dedicavam-se exclusivamente ao cultivo da mandioca, cuja produção apenas chegava para a subsistência dos habitantes locais. Posteriormente, os colonizadores portugueses introduziram a cultura do café e do cacau. Os rios do litoral sul da Bahia que conduzem aos planaltos situados a oeste desempenharam função decisiva no movimento de penetração e devassamento do território, que deve seu desenvolvimento inicial ao florescimento da indústria açucareira. Entre o passado açucareiro e o advento do cacau, como exploração organizada em bases comerciais. há uma longa fase inexpressiva na vida econômica da parte meridional da Bahia. Os pequenos núcleos de população, tanto os do litoral como os do interior, estes últimos localizados de preferência á margem dos rios ou surgidos, nas estradas, de amigos pousos de tropas, tinham as sues atividades resumidas quase ao indispensável a .subsistência de seus moradores. Ituberá foi elevada a categoria de Vila em 27 de dezembro de 1758, por ordem do Conselho Ultramarino, com o nome de Santarém. A lei n.° 759, de 14 de agosto de 1909, concedeu á sede municipal foros de cidade. Por forca do Decreto-lei estadual n.° 141, de 31 de dezembro de 1943, teve seu nome mudado pare Serinhaém, vindo finalmente ser denominado Ituberá.

Baia de Camamu locação Apartamentos luxo exclusivo ecológicos praia frente para o mar

Share on FacebookShare on Google+Email this to someone